Quando Comprar uma Máquina de Cartão?

Atualmente, empreender se tornou o melhor, maior ou o único meio de renda de inúmeras pessoas. Ser seu próprio chefe, escolher seus horários e em que você irá trabalhar é o sonho de muitos.

Com as menores burocracias e as imensas possibilidades, esse desejo passou a ser muito mais viável, seja por oportunidade ou necessidade.

Mas é óbvio que várias dúvidas perseguem os diversos empreendedores e nem sempre são questões de fácil solução. Além das primordiais, aquelas interrogações que surgem junto com a ideia e muitas vezes se multiplicam, temos as que surgem com o passar do tempo e podem dar grandes dores de cabeça.

E dentre elas, uma das principais é, com toda certeza, quando será o a melhor momento para investir em uma máquina de cartão?

Pensando em sanar definitivamente essa questão, preparamos esse guia para te ajudar a entender todas as questões em torno das maquininhas e se realmente existe um momento exato para ter uma integrando o time do seu negócio.

Porque ter uma maquininha de cartão?

Ter um ambiente, físico ou não, onde seus clientes podem achar de tudo sem a necessidade de se deslocar pode ser um de seus grandes diferenciais e isso não se limita apenas a produtos ou serviços.

Poder atender seus fregueses com um leque de opções sem dúvidas irá te dar destaque e é justamente por isso que você precisa estar preparado para qualquer situação.

Imagine o seguinte: um novo cliente realiza compras pela primeira vez em seu estabelecimento, na hora de realizar o pagamento, ele pergunta se você aceita cartão e infelizmente a resposta é negativa. Ele sai deixando todas as compras pois só tinha o cartão para utilizar e você perde não apenas essa venda, mas futuras porque é provável que não retornará devido à falta de opções de pagamento.

Entende porque pequenos detalhes podem fazer uma imensa diferença? Se isso não é o suficiente para você, é fácil listar outros bons motivos para se ter um leitor de cartão ou maquininha:

  • Aumento das vendas;
  • Várias opções de pagamento;
  • É possível parcelar as compras;
  • Você não corre o risco de não receber pelas vendas;
  • Você pode se locomover sem correr o risco de perder o dinheiro ou ser roubado;
  • Evita problemas com o troco;
  • Receber direto na sua conta.

Existe tempo certo para se adquirir uma maquininha?

E a resposta é: não!

Quanto mais cedo você iniciar pesquisas sobre o assunto, mais tempo terá para entender e escolher qual máquina se encaixa melhor no seu modelo de negócio, porque na realidade todos os empreendimentos precisam de uma, mas, cada modelo varia e o que se encaixa na loja de José, não é a melhor opção para a loja de Joana.

Leia Mais:

O que levar em consideração para escolher a minha maquininha?

Com base na nossa visão, os principais critérios estão logo abaixo:

  • O número de vendas mensais que você realiza (ou para os iniciantes, quanto pretende realizar, colocando valores bem realistas);
  • Do que o seu negócio se trata, ou seja, qual serviço/produto você disponibiliza ao mercado;
  • Até quanto você pode investir em uma maquininha;
  • Se você irá se locomover muito ou não;
  • Se é mais viável um comprovante de venda impresso ou digital (SMS e email);
  • O perfil dos seus clientes;
  • As taxas e juros cobrados por cada empresa;
  • Quero acabar com a maioria dos fiados;
  • Ofereço todos ou opções de pagamentos para os clientes;
  • Até quantos dias posso esperar o dinheiro ser liberado.

Lembre-se que cada operadora ou empresa possui taxas diferentes para diferentes funções disponível em cada maquininha.

Analise cada um desses pontos com atenção e depois nos conte se esse artigo foi útil para você. Fique atento para não perder nenhuma novidade, abraços!